A cor 16-1546, mais conhecido como “Living Coral” (ou “Coral Vivo”), tem os dias contados. Isto porque a Pantone acaba de anunciar a tonalidade que mais vai influenciar o design no próximo ano: o azul clássico. Por enquanto o “coral vivo” ainda tem alguma margem de manobra, mas é de notar que alguns dos rostos mais conhecidos da indústria do entretenimento já nos vinham alertando para a mudança: é o caso da atriz Shailene Woodley, quando desfilou num vestido acolchoado da Moncler desenhado por Pierpaolo Piccioli, diretor criativo da Valentino, nos ainda fresquinhos British Fashion Awards.

Shailene-Woodley---Fashion-Awards-2019-in-London-07.jpg

O “azul clássico”, tom 19-4052, pretende simbolizar, segundo a empresa nova-iorquina, “proteção, estabilidade, paz e segurança”, apostando “no pensamento profundo, na atenção plena e na comunicação”, mensagens importantes numa altura em que o novo ano está aí à porta. “Vivemos tempos que requerem confiança e fé. É esse tipo de perseverança e confiança que está expresso na Pantone 19-4052 Azul clássico, um azul sólido e fidedigno no qual podemos sempre depender”, afirma em comunicado Leatrice Eiseman, diretora executiva da Pantone.

Há mais de 20 anos que a Pantone escolhe a “cor do ano”, uma tonalidade que tende a influenciar a tomada de decisões no desenvolvimento e compra de produtos em vários setores — da moda à decoração, passando pelo design industrial e até gráfico.

%d bloggers like this: