Uma viagem na costa da Califórnia pela Pacific Coast Highway (Highway 1) é uma maneira inesquecível de ver muito do que o estado tem a oferecer. De cachoeiras e castelos (sim, existe um!) a praias espetaculares e belíssimos parques estaduais, há muito o que fazer na costa central da Califórnia. Recentemente tive a oportunidade de conhecer um pouco mais da região central da costa, que surpreende pela diversidade de atrações, impressionantes achados gastronômicos e é claro, sua beleza singular. Vamos começar essa viagem pela Pacific Coast Highway?

San Luis Obispo

Ou SLO, para os mais íntimos, é frequentemente usada como ponto de reabastecimento para motoristas que cruzam a cênica Highway 1, que percorre a costa do Pacífico da Califórnia, e é o lar do primeiro motel do mundo, originalmente chamado Milestone Mo-Tel. Talvez não seja surpresa, portanto, que a maioria dos visitantes tende a apenas esticar as pernas ou passar uma noite no uber-kitsch Madonna Inn nos arredores antes de seguir em frente.

Nos últimos anos esta sonhadora cidade universitária, uma vez classificada pela apresentadora Oprah Winfrey como “A cidade mais feliz da América”, vem ganha cada vez mais destaque devido a sua vibrante atmosfera jovial, repleta de bares, cervejarias e restaurantes. Um dos melhores exemplos da cena gastronômica casual da cidade é o SLO Brew, um restaurante combinado, cervejaria, bar e casa de shows na Higuera Street. O ambiente acolhedor conta com cabines de um lado e um bar ao lado. O menu em estilo pub varia de padrões como hambúrgueres e pizzas a pratos mais regionais, como frango e waffles.

Se você tiver apenas um dia para parar na cidade, chegue numa quinta-feira. Toda quinta à noite, durante todo o ano, o Downtown é palco do Farmers Market, uma colorida feira de produtos locais, onde há barracas que vendem desde frutas a pratos quentes. Junte-se aos habitantes locais e aprecie a autêntica culinária californiana.

Paso Robles

Embora a região vinícola de Paso Robles não seja tão conhecida como Napa ou Sonoma Valley, já é reconhecida internacionalmente como uma das melhores do mundo. A região, muitas vezes descrita como “Napa há 30 anos atrás” conta com mais de 300 vinícolas espalhadas pelas suas charmosas paisagens, características de cidades pequenas. Uma destas vinícolas merece destaque especial, o Edna Valley Vineyard, cujo clima costeiro e os solos ricos de Paso tornaram-se perfeito para o cultivo de uvas de clima frio, especialmente para a produção de seus premiados chardonnay e pinot noir. 

As vinícolas não são a única reivindicação da fama em Paso Robles: há também um cenário pujante de destilarias e cervejarias artesanais, entre elas, a famosa Firestone, cujos rótulos passam pelo processo de maturação em barricas de carvalho, os mesmos utilizados pelas vinícolas, garantindo sabor e aroma distintos. Ainda não está convencido? Paso também é a casa de uma das maiores instalações artísticas ao ar livre do mundo! O Sensorio Field of Lights é uma matriz de mais de 58.800 esferas iluminadas por fibra óptica, iluminando suavemente a paisagem de 13 acres no formato de sutis flores fluorescentes, criando um efeito quase que indescritível.

Hearst Castle

Encravado no topo de uma colina há mais de 400 metros acima do Oceano Pacífico, o Hearst Castle é uma homenagem impressionante à incrível riqueza de um dos empresários mais importantes do século XX e seus gostos extravagantes. Nomeado após o magnata do ramo de mídia William Randolph Hearst, o castelo é na verdade uma mansão com 168 quartos e 123 acres de jardins, terraços, piscinas e passarelas. Hearst era conhecido por sediar festas luxuosas nos finais de semana, onde trazia direto de Los Angeles, em aviões para sua pista de pouso privada, celebridades populares da época, incluindo líderes políticos (Winston Churchill) e artistas de Hollywood (Cary Grant e Jack Warner).

Opulência ainda passa longe ao descrever esse lugar; Banhos romanos cobertos do chão ao teto em azulejos azuis e dourados; a icônica Neptune Pool e seus 900 mil litros de água; e até um zoológico completo (fato curioso: embora o zoológico não seja mais mantido, alguns descendentes dos animais originais permanecem pela propriedade. Não tão raramente é possível avistar zebras passeando pelos jardins!)

Pismo Beach

Embora a costa central seja tecnicamente costeira, não é necessariamente costeira com praias. Existem poucas praias com infra-estrutura como hotéis a beira-mar para receber os turistas. Pismo Beach, uma cidadezinha litorânea com um ar vintage praiano, é sem dúvida umas das melhores opções para uma verdadeira experiência à beira-mar. Atividades ao ar livre e aventura são abundantes em Pismo Beach, incluindo golfe, ciclismo, tênis, caminhadas, passeios a cavalo e mergulho. A área possui quilômetros de belas praias limpas, com piscinas, enseadas e cavernas que os visitantes podem explorar. 

Não perca o histórico Pismo Beach Pier com seus 365 metros. Construído em 1928, o píer é o que há de mais próximo a uma praça. Faça uma caminhada para observar os surfistas nas ondas ou tente pescar (não é preciso licença). Do píer, passeie pelo calçadão da praia ou pela areia nesta que é uma das praias mais tranquilas para caminhadas da Califórnia graças ao seu terreno plano.

O cenário incrível em Pismo Beach traz também muitas formas de se conectar a natureza. Percorra a cavalo as dunas ao sul da cidade em tours guiados com a Pacific Dunes Riding Ranch. Os passeios com a Central Coast Kayaks levam os remadores a cavernas marítimas espetaculares, escondidas no litoral escarpado ao norte da cidade. Se preferir aventura, alugue um buggy para andar sobre as dunas com do parque estadual de Oceano Dunes, o único lugar onde é permitido dirigir sobre a praia no estado, portanto espere vistas de tirar o fôlego.

Carmel

Se fosse só a praia, já seria suficiente. Uma praia adorável, uma faixa de areia pálida que encontra o Pacífico azul turquesa, rodeada por ciprestes de Monterey com suas folhagens achatadas pelos ventos costeiros. Mas Carmel Beach não é a única estrela dessa pequena cidade. Pelo contrário, são muitos os encantos que fazem Carmel-by-the-Sea ser um destino imperdível.

Oficialmente incorporada em 1916, Carmel há muito tempo exerce uma atração magnética sobre artistas e autores. Abrigando cerca de 100 galerias de arte, a cidade é um retiro para os ricos e famosos, incluindo ninguém menos do que o cineasta americano Clint Eastwood, que já foi até prefeito da cidade. Charmosa por si só, a antiga tradição de nomear casas perdura em Carmel, onde cabanas de jardim que parecem arrancadas de algum conto dos irmãos Grimm estão ao lado de propriedades mediterrâneas e fazendas modernas.

Paisagens naturais e vistas de tirar o fôlego são o que melhor definem esse trecho da Califórnia, e isso significa que é preciso se aventurar. Considerada como a meca dos entusiastas de carros vintage, Carmel é palco do maior encontro de carros clássicos do mundo, o Pebble Beach Tour d’Elegance, que acontece todo mês de Agosto no homônimo clube de golfe, classificado como o número 1 do país pela U.S Open. Alugue um conversível vintage e dirija pela cênica 17-Mile Drive, parando para contemplar o Cipreste Solitário que se mantém preso a um pedaço de rocha por séculos, agende uma aula de surfe, ou vá a Reserva Estadual de Point Lobos, onde mergulhadores e navegadores de caiaque dividem a água com focas e lontras. Quando o dia estiver no fim, relaxe na areia para admirar o pôr do sol sobre o Pacífico com sua companhia canina (Carmel Beach é pet-friendly!) e tente entender porque você não ainda não se mudou para essa cidade!

Monterey

Envolvida pelo Pacífico por três lados, a Península de Monterey oferece ao mesmo tempo praias com fortes ventos e enseadas tranquilas, restaurantes finos e casuais, história antiga e arte pós-moderna. O mundialmente Monterey Bay Aquarium leva você ao inesquecível mundo subaquático do mar do Pacífico — e sem molhar os pés. Você verá águas-vivas de cores brilhantes que parecem um tipo de vida alienígena conforme deslizam pela água. Fique frente a frente com adoráveis lontras marinhas e veja de relance tubarões-leopardos e cardumes de sardinhas nadando pela floresta de algas. Com vidros que medem 8,5 metros, é um dos aquários mais altos do mundo. É uma visita obrigatória, especialmente para as famílias.

Jellyfish exhibit at the Monterey Bay Aquairium.

Lá fora, encontre-se em meio a hotéis, lojas e restaurantes ocupando o lugar de antigas fábricas de embalagem para peixe ao longo da Cannery Row, famosa graças ao autor local John Steinbeck. Sua indústria de sardinhas acabou faz tempo e agora esse centro turístico é repleto de restaurantes, boutiques e espaços para degustação de vinhos do Monterey County. Passeie pela rua principal e veja resquícios dos antigos prédios das fábricas de conservas enquanto caminha em direção ao Old Fisherman’s Wharf, o píer histórico que invade Monterey Bay. Observe baleias ou embarque em uma pescaria e não perca a sopa de mariscos servida em vários restaurantes de frutos do mar do cais.

Por Gabriel Silveirado

Viagem a covite da IPW, tradeshow anual de turismo americano e do Visit California

%d bloggers like this: