Chicago já percorreu um longo caminho de ser uma cidade de happy-hours regados a uísque e cerveja (não que haja algo errado nisso). Só que a cena da bebida é tão ampla e variada quanto a própria cidade. Hoje em dia, você verá que ela prospera com barmans criativos experimentando ingredientes, técnicas e filosofias. Seja procurando clássicos polidos e austeros no Loop ou indo para a Logan Square – onde novos hotspots para os amantes de cocktails são abertos regularmente a até speakeasys secretos, há algo para todos. Quer experimentar um drink de vinho realmente único? Ou um coquetel clássico muito bem executado? Você tem opções. Só quero aquela cerveja e uma dose? Não tem problema, ainda é uma opção: nossa lista dos melhores bares de Chicago tem o melhor de todos os mundos. Considere este o seu guia exclusivo para os melhores bares da cidade.

Milk Room

Localizado em uma sala secreta dentro do Chicago Athletic Association Hotel, o Milk Room é onde os amantes de destilados e coquetéis podem encontrar bebidas raras criadas por alguns dos melhores barmans da cidade. Vale a pena voar para Chicago apenas para beber aqui. O diretor de bebidas Paul McGee traz à tona seu conhecimento e expertise etílica, abastecendo seu bar com bebidas raras e vintage. (Pense em uma Fernet Branca engarrafada na década de 1950, Cherry Heering na década de 1970 e uma variedade de bourbons da década de 1960.) O cardápio muda constantemente para acomodar garrafas recém-descobertas que a rede de compradores de McGee encontra nas vendas e leilões imobiliários. O bar é minúsculo e super concorrido, portanto nossa dica é reservar com bastante antecedência.

Milk-Room_Clayton%20Hauck_2018_2015_10_02_CAA_MilkRoom_0552.jpg

Clayton Hauck for Land and Sea Dept

chicagoathletichotel.com/restaurants/milk-room

Z Bar

Considerado pela Forbes Travel Guide como um dos melhores bares de hotel do mundo, o Z Bar, localizado no terraço do hotel Peninsula é um dos hotspots mais badalados da cidade. Com uma elegante vista para a Michigan Avenue e o skyline da cidade, espere por cocktails extravagantes elaborados com ingredientes como flocos de ouro 24 quilates que chegam ultrapassar os 3 dígitos. Os coquetéis do Z Bar são assinados por Vlad Novikov, nativo de São Petersburgo, Rússia, onde estudou química e a coquetelaria clássica. A lista de vinhos e cervejas também é excepcional, focada em produtores de pequena escala ou artesanais.

5df8f698fd9db26b390b6a23.jpeg

4f29b5705d364b9b39205719dabaded2

zbarchicago.com

Bar Ramone

Este winebar em River North é especializado em vinhos de pequena produção e traz uma interpretação moderna da gastronomia espanhola para acompanhá-lo. São mais de 25 vinhos estão disponíveis em taças, o que significa que a clientela pode provar uma extensa seleção de rótulos da Borgonha, Piemonte e Rhone, harmonizada lado a lado à uma mistura de tapas deliciosas, em destaque para as batatas fritas (patatas bravas), arroz espanhol crocante e o fresquíssimo polvo braseado.

70537-BARRAMONE-10-411e0046BarRamone_MushroomPintxoWine

barramone.com

Green Mill

O boato é que Al Capone e seus capagas costumavam beber neste lendário hotspot no circuito de vida noturna de Chicago, que até hoje recebe espetáculos de todos os tipos, com um bar clássico onde apenas é aceito dinheiro (cash only). A era da Prohibition não literalmente vive no Green Mill. Ao entrar, não parece grande coisa, mas passando o bar em forma de L, você encontrará um lounge e palco dos quais não se vê mais hoje em dia. Os elementos Art Déco – estátuas, decoração das paredes e luminárias – pontilham o espaço, com algumas mesas disponíveis no formato first-come, first-serve. É a velha escola de Chicago no seu auge, e está por aqui (aceitando apenas dinheiro) há mais de 100 anos.

Green Mill Cocktail Lounge

maxresdefault

greenmilljazz.com

Band of Bohemia

Muito mais do que uma cervejaria com uma cozinha talentosa, o Band of Bohemia é de fato um gastropub que produz suas próprias criações totalmente originais, tanto nos copos, quanto nos pratos. Localizado em um prédio de tijolos em frente aos trilhos do trem elevado de Chicago, a atmosfera é industrial porém aconchegante, com um layout expansivo que se desdobra em uma série de opções de assentos, um bar convidativo até sua ampla cozinha aberta. Os tanques de aço inoxidável exibidos na parte de trás sustentam o trabalho culinário da cervejaria. On tap, espere um punhado de cervejas rotativas, que levam o Band of Bohemia ser a primeira cervejaria a receber uma estrela Michelin. Must go para os amantes da cerveja!

21711-full_chicago-s-band-of-bohemia-plans-to-open-a-taproom-in819e2440a7ce39209036363a1d31f256

bandofbohemia.com

 

%d bloggers like this: