A lista dos Latin America’s 50 Best Restaurants 2019 foi anunciada nesta semana durante a cerimônia da 7ª edição do prêmio realizado em Buenos Aires . Com sete novos restaurantes e a entrada de oito países, a lista deste ano reflete a diversidade e constante evolução do cenário gastronômico latino-americano.

O Maido, de Lima, conquistou a 1ª posição pelo terceiro ano consecutivo, mantendo o status de “Best Restaurant in Latin America“. O restaurante, que significa “bem-vindo” em japonês, é o principal estabelecimento do chef Mitsuharu ‘Micha’ Tsumura. A casa possui em seu cardápio opções criativas com influência peruana e japonesa, como o cachorro-quente de peixe e arroz de ouriço do mar, além de opções à la carte e um balcão de sushi clássico.

NMWD4TN2LBFVNLPS2FXMCFAYUQ (1).jpg

ganador_12.jpg

Vencedor de três edições anteriores, o restaurante Central, também de Lima, Peru, ficou com o 2º lugar este ano. Pujol, da Cidade do México, ocupou o 3º lugar, seguido pelo Don Julio (4º), de Buenos Aires, e Boragó (5º), de Santiago. Eles também receberam os títulos The Best Restaurants in México, Argentina e Chile, respectivamente.

Brasileiros na premiação

A Casa do Porco foi eleito o Melhor Restaurante do Brasil, segundo o The World’s 50 Best Restaurants! O restaurante do chef Jefferson Rueda subiu para a 6º posição no ranking latino-americano, depois de subir 40 posições na edição 2019 do The World’s 50 Best Restaurants, ficando em 39º lugar, sendo o único brasileiro entre os 50.

jefferson-rueda-chef-da-cozinha-da-casa-do-porco-1570794238083_v2_1920x1280.jpg

O restaurante, inaugurado em 2015 no centro da capital paulista, ainda recebeu o prêmio de melhor restaurante do Brasil no Individual Country Awards. “Para nós, o mais importante é sermos uma representação positiva do nosso país. Só estar aqui já é uma vitória. Queremos ver cada vez com mais restaurantes brasileiros na lista. Afinal de contas o Brasil tem uma variedade enorme de cozinheiros para apresentar”, disse Rueda.

DIZIMN5ZCZF35I2LPKSRLAB6RU.jpg

Organizado pelo organizado pela companhia William Reed Business Media, a lista traz ainda Oteque (23°), Lasai (24°) e Olympe (35°), do Rio, Evvai (40°), DOM (10°), Maní (18°) e Mocotó (43°), de São Paulo, e Manu (42°, estreante no ranking), de Curitiba.

%d bloggers like this: