Tracey Emin, Sarah Crowner e Campana Brothers são apenas alguns dos artistas cujos trabalhos estão expostos na nova loja da Louis Vuitton. Após 14 meses de portas fechadas, o espaço da marca de luxo na Bond Street, em Londres, reabre como uma fusão entre galeria de arte e loja de moda.

Ao todo, são 43 as peças expostas, assinadas por 25 artistas de vários pontos do planeta. A loja, idealizada pelo arquitecto Peter Marino, conta com cerca de 1600 metros quadrados e vai do número 17 ao número 20 de uma das ruais mais movimentadas da capital britânica.

louis-vuitton-bond-street.jpg

luois-vuitton-reabre-en-londres-1500x919.jpeg

Cor é uma das palavras de honra desta loja, que dá as boas-vindas aos clientes com uma instalação de grandes dimensões na fachada. Azul, roxo, amarelo e rosa são os tons em destaque nesta explosão que promete chamar a atenção de quem passa.

Quanto à colecção, esta será única loja do mundo – a par da Maison Vendôme em Paris – a apresentar a colecção de alta joalharia da Louis Vuitton. No primeiro andar, os clientes encontram o pronto-a-vestir para mulher e uma zona dedicada a calçado feminino. No piso inferior, há espaço para pronto-a-vestir e calçado masculino.

a41934e403b777de7f7d016b2323c6f5.jpg

%d bloggers like this: