“Os Hamptons da América do Sul” é uma abreviação fácil para Punta del Este, uma referência ao fato de que Porteños e gaúchos bem-sucedidos começaram a construir seus retiros de verão aqui há um século. Mas eu prefiro o “St. Barths da América do Sul ”, já que esta faixa arenosa e ensolarada da costa uruguaia é agora também um imã para os brasileiros, atraídos pela segurança, além de um punhado de jet-setters internacionais. É também mais casual que os playgrounds da maioria dos milionários – o modo de vida, e o calor do povo uruguaio gera uma aura intimista e convidativa ao balneário, cujas praias se estendem por quilômetros e quilômetros. Mas o apelo não é apenas o lugar, mas com quem você está compartilhando. Em Punta, o tempo parece passar mais devagar, as pessoas saboreiam os últimos momentos do pôr do sol e vão jantar às 10. Para quem curte badalo e agitação, a festa continua a noite toda.

punta-del-este.jpg

A grande estrela do balneário uruguaio, o Enjoy Resort y Casino (ex-Conrad) oferece entretenimento de primeira qualidade, surpreendendo quem visita os 4000 m²  do complexo pela sofisticação dos seus serviços. Passando por uma remodelação profunda em seus quartos 241 quartos e suites – e mais recentemente um novo complexo de piscinas indoor, com jatos de água pressurizada e jacuzzi – o hotel é um ícone, em constante adaptação para atender à nata de turistas que escolhe este lugar da América do Sul como destino.

Enjoy Punta del Este - credito divulgação-lifestyle.JPG

Atenuar a sazonalidade do de Punta foi um dos desafios que o grupo Enjoy enfrentou quando assumiu o hotel. A temporada é intensa, mas breve: entre os dias antes do Natal e meados de janeiro, a população de Punta del Este aumenta de cerca de 15.000 para 250.000. No inverno, embora esse turbilhão social esteja começando a diminuir, Punta del Este continua sedutora. Felizmente, as mudanças climáticas que ocorrem em nível global parecem ter colaborado com o balneário uruguaio. As baixas temperaturas de inverno não andam mais tão intensas assim, e a suavidade do inverno parece prosseguir perfeitamente com a delicada primavera e, depois, com o frenético verão. O cassino, um dos diferenciais principais para quem se hospeda no resort, passou por um completo refurb em suas instalações, inclusive aquelas áreas privês, destinadas aos abastados bem-nascidos que não abrem mão de apostar todas as fichas (literalmente) em uma noite no complexo.

Novos quartos reformados 2019-01-23 -Enjoy Punta del Este -Hab Deluxe -Vista al Mar 4-lifestyle.jpg

imagem_release_851578.jpg

Muito mais do que um cassino, o hotel é um polo de entretenimento que em muitas vezes remete aos grandes cassinos de Las Vegas, porém sem aquela pretensão inerente da cidade do pecado. Ao se hospedar no Enjoy, o hóspede imerge em uma atmosfere única, muito diferente dos hotéis litorâneos do Brasil. Para os amantes da gastronomia, apreciar a autêntica culinária uruguia em dos seus 4 restaurantes gourmet pode ser a pedida certa. O hotel é perfeito para quem não pretende ir tão longe, preferindo desfrutar ali mesmo das benesses do dolce far niente al mare. Prova disso é a qualidade dos seus pães e da pâtisserie, sempre altamente instagramáveis, mas deixados a segundo plano em hoteis dessa categoria. Não é o caso por aqui. A padaria da casa é responsável por uma variedade de itens levíssimos, todos com crostas crocantes. E os doces são delicados e bem feitos, desde tarteletes saborosos a crèmes brûlées do mais alto gabarito. Naturalmente, os hóspedes fazem a festa com as sobremesas que tem como base o famoso dulce de leche da região, em especial a mousse. De babar!

imagem_release_1076272-e1506363629952.jpg

Obviamente, nem passando uma hora por dia no Fitness Center do hotel é suficiente para evitar que se volte à rotina com a silhueta mais arredondada, mas isso é caso pra se pensar depois. Para quem deseja relaxar e busca uma experiência diferenciada, o hotel oferece uma série de opcões wellness, que tomam conta da sua (recém-inaugurada) piscina aquecida, além do spa com suas terapias holísticas e massagens relaxantes.

Gym (1)-lifestyle.JPG

imagem_release_1732379-lifestyle.jpg

Externa (5)-lifestyle.jpg

Isso é importante, porque há mais em Punta del Este do que apenas a praia e o agito do centro. A vida social, galerias de arte e excelentes restaurantes estão espalhados por uma série de aldeias de pescadores boho-chic ao longo da costa. José Ignacio, uma antiga vila de pescadores, que até então possuia uma população limitada a algumas centenas de pessoas é a capital desta nova versão de Punta, devido as suas magníficas praias de areia branca e restaurantes de calibre internacional.

O balneário pode até ter casas mais rústicas que Punta, mas esse aspecto agreste maquia o valor das propriedades, muito mais caras até, procuradas pelos muito famosos e muito mais ricos ainda que preferem o lugar por estar fora da rota dos turistas curiosos. Sim, a privacidade tem seu preço, mas José Ignacio é uma graça mesmo, ainda que mais despojada da pompa de seu vizinho mais próximo. E mais: também conta com um farol fofo, que rende ótimas fotos e vale o passeio. No mais, se der sorte, o visitante ainda pode dar de cara com uma baleia, já que os cetáceos são comuns por ali.

José-Ignácio.jpg

Para os amantes da arte, um dos melhores hotspots é a Fundacíon Pablo Atchugarry, próximo à praia de Malanciales. Uma grande propriedade rural, onde o artista escultor Pablo Atchugarry tem um museu a céu aberto com obras suas e de outros artistas e ainda seu atelier e vários espaços fechados para exposições. Pablo Acthugarry é considerado um dos expoentes máximos da arte uruguaia. O parque de esculturas tem vinte e cinco hectares e a Fundação Itaú é uma dos principais patrocinadores do parque.

5.jpg

E, se a levada é aproveitar a boa gastronomia da região, outra paragem próxima que merece uma visita é a vinícola-boutique da Bodega Garzón. De propriedade de um bilionário argentino do ramo pretolífero, a propriedade fica a cerca de uma hora de Punta é tratada como um bibelô dentre os negócios do grupo e nas terras bem cuidadíssimas podem ser avistados exemplares da fauna sulamericana como emas, capivaras, raposas e gaviões. Bem verdade que a grife não fabrica somente vinhos, mas azeites, azeitonas e amêndoas. E as instalações podem ser ponto turístico daqueles amantes da boa mesa, que podem marcar um appointment pelo local onde os rótulos podem ser saboreados em um menu harmonizado com uma autêntica parilla uruguaia.

Winery at Bodegas Garzon

Mas nenhuma viagem à Punta seria completa sem uma visita ao Casapueblo, o hotel ,em estilo a lá Santorini, concebido pelo pintor e escultor Carlos Paéz Vilaró, cuja construção segue o mesmo espírito intuitivo de outro peculiar artista, Gaudí. Amigo íntimo de Pablo Picasso, Vilaró fez história e sua trajetória pode ser conferida na parte da casa dedicada ao centro cultural que preserva sua memória, uma parte da construção situada em Punta Ballenas. Além de o visitante poder conferir o seu curioso trabalho, gastar um pouco de tempo no café situado no local e assistir ao por do sol na varanda é experiência inesquecível, que resume bem aquilo que se sente quando se sai de Punta Del Este, na volta da viagem, no pequeno aeroporto. Pequeno e charmoso, como a idílica cidade na divisão das águas do Rio da Prata com o Oceano Atlântico.

casapueblo+punta+del+este+uruguai.jpeg

%d bloggers like this: